terça-feira, 13 de setembro de 2016

Frozen de frutas (kiwi, morango e manga) com cachaça


Frozen de frutas (kiwi, morango e manga) com cachaça

“Já nos tempos coloniais, a produção de cachaça era uma importante atividade econômica no Brasil, levando a redução do consumo da bagaceira importada de Portugal. Preocupados com o sucesso da aguardente, os portugueses, através de uma Carta Real de 13 de setembro de 1649, proibiram a fabricação e a venda da cachaça em todo o território brasileiro.

Os proprietários de cana-de-açúcar e alambiques, indignados com as constantes cobranças de impostos aos longo dos anos e perseguidos por vender a bebida, se revoltaram no dia 13 de setembro de 1661 e tomaram o poder no Rio de Janeiro por cinco meses resultando em um dos primeiros movimentos de insurreição nacional, a Revolta da Cachaça.

Com o poder restituído, o movimento é repreendido com violência e o seu líder, Jerônimo Barbalho Bezerra, é enforcado e decapitado, tendo sua cabeça pendurada no pelourinho da cidade, como exemplo à população fluminense.

Hoje, todo dia 13 de setembro se comemora o “Dia Nacional da Cachaça” como uma forma de relembrarmos os tempos do Brasil colonial, quando a cachaça era símbolo de resistência contra a dominação portuguesa.

A data foi aprovada em outubro de 2010 pela Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados como resultado do projeto de lei do deputado Valdir Colatto (PMDB-SC)”. http://www.mapadacachaca.com.br/artigos/dia-internacional-da-cachaca/


Para comemorar um dia tão importante, o Coletivo Gastronômico se reuniu para trazer deliciosas receitas de drinks preparados com cachaça, aguardente, pinga, bico, branquinha ou como você preferir chamar a esta bebida típica brasileira.

Ingredientes (para 2 taças) :

1 kiwi fresco descascado e cortado em pedaços
1 manga descascada e cortada em pedaços
1 xícara de morangos frescos, limpos e cortados em pedacinhos
1 xícara de gelo
1 xícara de água
1 xícara de açúcar
2 limões
1 limão siciliano
Cachaça ao gosto

Preparação:

Para o xarope de açúcar:
Coloque o açúcar em uma panela pequena com água e leve lentamente a ebulição, mexendo continuamente ate dissolver o açúcar. Ferva sem mexer por aproximadamente 2 minutos. Refrigere por 12 horas. 

Para a mistura de limão:
Corte os limões e o limão siciliano pela metade. Esprema em um recipiente. Adicione xarope de açúcar reservado ao gosto. Reserve na geladeira.

Para as misturas de frutas:
Bata cada fruta por separado no liquidificador (o kiwi, manga e morangos) com gelo ou água e parte do xarope de açúcar.

Coloque os sucos de frutas e o suco de limão em vasilhas apropriadas para fazer cubos de gelo (sempre por separado), e leve ao freezer até gelar.



Montagem do frozen:

Uma vez que todos os sucos virem pedrinhas de gelo, e a hora de preparar nossa bebida.
Separe 2 taças de Martini ou margarita bem geladas. Bata separadamente os cubinhos de frutas no liquidificador na opção de triturar gelo, misturando com alguns cubos de gelo comum e cachaça ao gosto.


Recolha com ajuda de uma colher pequena as pedrinhas do frozen de fruta, e vai colocando dentro das taças na ordem que preferir. Eu coloquei primeiro o frozen de manga, depois o de morango e por ultimo o de kiwi misturado com o de limão

Decore com frutas ao gosto. Eu escolhi um raminho pequeno de hortelã (adoro o cheiro) e três fatias de manga.



E em nosso Coletivo Gastronômico: Dia Nacional da Cachaça, participam:

Gastronomia & + Rabo de Galo
Azeitonas Temperadas Doce Cachaca
Menu Criativo Shot Safari
Arte Na Cozinha Purple Grape Drink

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Mississippi Mud Pie "Historias cruzadas" (The Help) - 2011

Preciso confessar que desde o nascimento da minha filha (quase 10 anos) dificilmente consigo assistir filmes ou me interessar num seriado, a minha filmografia ficou reduzida em um 80% a os maravilhosos clássicos da Disney, Nickelodeon, ou os seriados da Disney Channel. Imaginem a dificuldade de ter que escolher uma receita preparada em um filme de cinema, quase que preparei o caranguejo da pequena sereia, kkkk.

Bom, mas nesses casos o que salva é a pesquisa, e foi assim que dando uma olhadinha na internet me interessei em um filme do 2011, “The Help (Histórias Cruzadas) é um filme de drama, baseado no livro romance homônimo de Kathryn Stockett. O filme é um retrato sobre uma mulher caucasiana, Eugenia “Skeeter” Phelan, e o seu relacionamento com duas empregadas negras durante a era americana dos Direitos civis nos Estados Unidos de 1960. Skeeter é uma jornalista que decide escrever um livro da perspectiva das empregadas (conhecido como The Help), mostrando como elas estão sofrendo racismo na casa de brancos. O filme é ambientado em Jackson, Mississippi, e estrela Emma Stone, Viola Davis, Octavia Spencer, Bryce Dallas Howard, Jessica Chastain, Sissy Spacek, Mike Vogel, Mary Steenburgen e Allison Janney.” Fonte: Wikipédia.

Em uma das cenas mais lembradas do filme, um dos seus personagens, a Minny (interpretada por Octavia Spencer), vai preparar e servir sua famosa torta de chocolate especialmente para sua ex-patroa Hilly, quem a acusou de ladra durante a historia, só que a modo de vingança, o doce terá um ingrediente secreto: seu próprio excremento.

Mas a  Mississippi Mud Pie, é uma torta bem chocolatuda, muito tradicional do Sul dos Estados Unidos, e que recebe esse nome pela semelhança da consistência dela com o barro que se forma na orla do rio Mississippi. E não precisam se preocupar que a receita aqui embaixo dispensa o ingrediente secreto kkk e ficou realmente sensacional. 


Ingredientes:

Para a base:
Desmoldante em spray ou manteiga para untar
Aproximadamente 16 (32) biscoitos tipo Oreo (sem o recheio) moídas no processador ou liquidificador.
5 colheres de manteiga sem sal derretida

Para o bolo de chocolate:
100 gr. de manteiga sem sal
150 gr. de chocolate meio amargo picado
2 ½ colheres de sopa de café instantâneo em pó
1/4 de xícara de café em temperatura ambiente
1/4 de colher de chá de sal
1 colher de chá de baunilha
6 ovos, separadas gemas e claras, em temperatura ambiente
1 xícara de açúcar

Para o pudim de chocolate
3/4 de xícara de açúcar
1/2 xícara de cacau em pó sem açúcar
1/4 de xícara de amido de milho (maizena)
1/4 de colher de chá de sal
4 gemas
2 1/2 xícaras de leite
80 gr. de manteiga sem sal
2 colheres de chá de baunilha
80 gr. de chocolate meio amargo ou 60, 70%

Modo de preparo:

Base:
Unte uma forma redonda de bolo (de preferência daquelas que abre) com desmoldante em spray ou manteiga. Reserve.
Coloque os biscoitos no vaso do processador ou liquidificador e processe até virar quase pó. Despeje numa tigela limpa, coloque as colheres de manteiga derretida e misture combinando.
Prense a mistura de bolacha no fundo da forma com ajuda de uma colher. Reserve na geladeira.

Bolo de Chocolate:
Pré-aqueça o forno a uma temperatura de 180 graus. Coloque a manteiga e o chocolate para derreter em banho Maria, misture e reserve..
Em uma tigela pequena, combine o café instantâneo em pó, o café espresso, o sal e a baunilha. Reserve.
Separe os ovos. Bata as claras em neve com ½ xícara do açúcar. Reserve. Coloque as gemas com a outra  ½ xícara do açúcar no copo da batedeira, mexa até elas dobrarem o volume, aproximadamente uns 5 minutos. Despeje a mistura de chocolate e manteiga reservada e bata até ficar homogêneo (raspe as laterais do copo no processo). Incorpore a mescla de café e combine.
Retire o copo da batedeira e com ajuda de uma colher ou espátula incorpore a clara em neve reservada. Misture lentamente e de forma envolvente até toda a mescla estar combinada. Coloque sobre a base de biscoitos e leve ao forno por aproximadamente 40 minutos. Ele cresce bastante, e a aparência ao sair do forno é de estar ainda cru, de fato a medida que vai esfriando ele vai abaixando o seu volume, tudo isso é o normal. Reserve coberto.

Pudim de Chocolate:
Em uma panela de tamanho médio, coloque o açúcar, o cacau em pó, o amido de milho, e o sal. Incorpore as gemas de ovo e mexa até combinar. A mescla vai ter a aparência de uma pasta pegajosa. A os poucos despeje o leite, e bata constantemente.
Quando estiver tudo muito bem incorporado na panela, leve ao fogo a uma temperatura media, mexendo sempre até que vire um creme. Retire do fogo, e adicione a manteiga, baunilha e o chocolate, bata ate ficar homogêneo.  Deixe descansar a temperatura ambiente coberto com filme plástico transparente diretamente no pudim, evitando assim a formação de película na superfície.
Quando esfriar completamente, coloque encima do bolo de chocolate reservado. Leve para a  geladeira por 30 minutos antes de decorar,

Retire o pie da geladeira e decore com chantilly fresco.

Se quiser acompanhar a receita original: http://www.marthastewart.com/348641/mississippi-mud-pie-aka-muddy-mississippi-cake. 


E em nosso Coletivo Gastronômico: Receitas do Cinema, participam:

Na Cozinha da Carina Ratatouille - Ratatouille


sexta-feira, 29 de julho de 2016

Bolo negro (torta negra - Venezuela)


O bolo negro não é um bolo que se originou na Venezuela, mas é um bolo tradicional do meu pais. Ele chegou no século passado (nos 40) junto com a migração européia e ficou. Com o passar do tempo foi se adaptando ao paladar do venezuelano e hoje e sinônimo de festa, especificamente da festa de natal. Dificilmente na mesa de um venezuelano (vamos a esquecer a crise) poderia faltar este bolo na hora da degustação das sobremesas natalinas.

E um bolo que se conserva em bom estado por longos períodos a temperatura ambiente, borrifando com um pouquinho do licor da maceração, ou guardando dentro da geladeira ou no congelador.

E neste mês o Coletivo Gastronômico esta de aniversario!!! Sim, a nossa turma faz um ano em que, entre idas e vindas consegue chegar aos nossos seguidores com maravilhosas receitas todo mês, então que melhor oportunidade para apresentar esta receita que já foi degustada aqui no Brasil pela minha linda família brasileira e por meus queridos amigos, e foi 100% aprovada. Para esta maravilhosa comemoração eu decorei meu bolo de festa, adicionando chantilly fresco, cobertura de frutas vermelhas e frutas frescas.

Mas este delicado bolo, cheio de sabor e delicioso cheiro é servido originalmente de forma simples, borrifado de licor e polvilhado com uma leve camada de açúcar de confeiteiro ou uma deliciosa glacê de açúcar. Ele pode ser um ótimo presente para ocasiões especiais, se colocado em uma lata ou marmita decorada ou simplesmente cobrindo com papel celofane amarrado com uma linda fita colorida.

  
Ingredientes:

6 ovos (separadas as gemas das claras)
2 xícaras de açúcar mascavo ou demerara
200 gr. de manteiga em temperatura ambiente
2 xícaras de farinha
1 colher de baunilha
150 gr. de chocolate meio amargo (ou 70% cacau)
1 pitadinha de sal
1 colher de chá de fermento
½ xícara de leite em temperatura ambiente
¼ de xícara de melado de cana
½ colher de chá de canela
¼ de colher de chá de cravo em pó
¼ de colher de chá de gengibre em pó
¼ de colher de chá de noz moscada
500 gr. de frutas secas maceradas***

*** O processo de maceração consiste em picar e colocar as frutas em um frasco de vidro totalmente cobertas por algum liquido ou licor (rum, cachaça ou licor de laranja), fechando o frasco muito bem e guardando em um lugar escuro, isso para conservar, potencializar ou extrair o máximo de sabor dessas frutas (eu coloco na geladeira e deixo até por 2 meses). Na receita usei uma mistura de amêndoas, ameixa preta seca, uva passa (branca e preta), frutas cristalizadas, cerejas em calda, damascos, nozes e castanhas.



Modo de preparo:

Com ajuda de uma peneira, retire o liquido das frutas maceradas e disponha elas em uma vasilha funda. Adicione nas frutas uma o duas colheres de farinha e misture muito bem, dessa forma elas ficaram dentro do bolo e não no fundo deste quando assado. Reserve.


Unte com manteiga e polvilhe com farinha de trigo uma forma ou varias formas de bolo (o bolo negro pode ser feito em marmitas ou formas de diversos tamanhos e formatos, inclusive em lata para dar de presente). Deixe reservada (as). Pré-aqueça o forno a 180 graus.

Separe os ovos, reserve as gemas e bata as claras numa tigela até obter ponto de neve, cubra com papel filme e guarde.

Derreta o chocolate em uma panela (banho Maria) ou em um refratário apropriado para microondas. Reserve.

Coloque a manteiga no copo da batedeira junto com o açúcar, bata até que a mistura tenha uma consistência cremosa, adicione a baunilha e a canela. Incorpore as gemas dos ovos. Adicione aos poucos a farinha alternando com o leite e o melado de cana.

Adicione ao bolo as frutas maceradas reservadas, misture.

Incorpore as claras de ovo em ponto de neve e bata de forma envolvente, de baixo para acima, até tudo ficar bem misturado e homogêneo.

Coloque a mistura na forma ou formas reservadas e leve ao forno por aproximadamente 40 minutos ou até que ao que ao introduzir um palito no bolo, este saia limpo.

Retire do forno, coloque numa grade especial para bolos e deixe esfriar. Polvilhe com açúcar gelado ou de confeiteiro, e desfrute da deliciosa sensação de sabores deste maravilhoso bolo!!!




E em nosso Coletivo Gastronômico: Bolos de festa, participam:


Cozinha da Gertrudes Bolo de Nozes
Pimenta na Cozinha bolo de-limao e limoncello
Na Cozinha da Carina Bolo de morango e chantilly diet

domingo, 3 de julho de 2016

Bolo Madeleine


Inspirado nas deliciosas Madeleines, bolachinhas tradicionais de Franca e Espanha, com formato de pequena concha (a forma para assar tem esse formato), nasce este maravilhoso bolo macio e com delicioso aroma de limão.

Ingredientes:

4 ovos
1 xícara de chá de açúcar
Suco de 1 limão grande
2 xícaras de chá de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó
½ xícara de chá de leite em temperatura ambiente
150 gr. de manteiga sem sal
1 pitadinha de sal
1 colher de chá de raspas de limão

Modo de preparo:

Unte com manteiga e polvilhe com farinha de trigo uma forma com furo central (precisa ser este tipo de forma, uma vez tentei em forma de bolo inglês e por ser amanteigado o bolo não cozinhou certo). Reserve. Pré-aqueça o forno a 180 graus. Coloque a manteiga numa tigela que possa ir no microondas, e derreta ela totalmente. Deixe que a manteiga volte a temperatura ambiente.

Em outro recipiente, misture os ovos, o suco, as raspas de limão e o açúcar. Peneire e acrescente a farinha de trigo e o fermento. Bata até a mistura ficar homogênea. Junte a manteiga derretida, a pitada de sal e o leite, e misture ate tudo estar bem incorporado. Leve ao forno e asse por aproximadamente 35 minutos ou até ficar douradinho.




segunda-feira, 13 de junho de 2016

Panquecas de Milho Verde (cachapas)


E já chegamos rapidinho na metade do ano, e aqui no Brasil a chegada de junho também significa  o inicio das “festas juninas”, ou das comemorações em homenagem a Santo Antonio, São João e São Pedro. Se trata de festas no estilo caipira, cheias de danças de quadrilhas, fogueiras, balões e muitas bandeirinhas de papel, e como o mês de junho é época da colheita de milho a maioria dos quitutes deste tipo de celebrações leva esse delicioso ingrediente. Então, festa junina e garantia de que você irá comer pamonha, curau, canjica, cuscuz, entre alguns outros pratos tradicionais desta data.

Na Venezuela não me lembro de ter este tipo de festividades. No Estado Lara se comemora uma festa em homenagem a Santo Antonio, mas o foco mesmo são as danças típicas ao som de tambores, violão e maracás (ritmos latinos).

Como o Coletivo Gastronômico deste mês é festa junina, quis fazer um prato muito tradicional do meu pais e que leva como ingrediente principal, o milho! Eu a conheço como “cachapa”, e lá é um dos pratos estrela da gastronomia venezuelana. Consiste em uma panqueca rústica, feita com milho verde e que deve ser servida quente com os mais diversos ingredientes, queijo, presunto, peito de peru, ou simplesmente sozinha com um pouquinho de manteiga.

Ingredientes (para 3 panquecas medias):

300 gr. de milho verde (fresco ou de lata)
1 1/2 colher de chá de açúcar
¼ de xícara de leite
¼ de colher de chá de sal
1 ovo
15 gr. de manteiga sem sal
1 colher de farinha de trigo
1 colher de farinha de fubá
Queijo mussarela ou queijo minas ao gosto para recheio

Preparo:

Coloque os grãos de milho (muito bem escorridos se for de lata) numa vasilha media. Incorpore o resto dos ingredientes na vasilha. Com ajuda da batedeira misture todos os ingredientes até obter uma massa de textura rústica (meio grossa).

Cubra a vasilha com papel filme e leve para a geladeira por aproximadamente 1 hora. Após esse tempo, retire da geladeira. Aqueça uma frigideira untada com um pouquinho de manteiga. Uma vez quente, e com ajuda de uma concha ou colher grande espalhe uma quantidade da massa no centro da frigideira até obter uma panqueca de 1 cm de altura.



Cozinhe em fogo médio por uns minutos dos dois lados. Vamos virar elas quando fiquem douradas por baixo, e encima tenham consistência (recomendo que sejam feitas de um tamanho médio, já que resulta mais fácil virar elas na frigideira devido a sua textura macia). Retiramos da frigideira e comemos  quentinhas com um pouco de manteiga e queijo ralado ou em fatias.

Buen provecho y felices Festas Juninas!!! 


 
 
E se você quer ver todas as receitas do Coletivo Gastronômico – Festa Junina, acompanhe nos links das minhas queridas colegas:


Cozinha da Gertudes – Queijadinha de Casquinha
Na Cozinha da Carina – Sagu de Vinho
Azeitonas Temperadas – Canjica Nordestina salgada com linguica
Pimenta na Cozinha –Bolo de Farinha de Milho Biju com queijo e salame fresco
Gastronomia & + - Pamonha Salgada recheada de Carne do Sol

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Cupcakes com recheio e cobertura de geléia de frutas vermelhas


Dia dos namorados e uma data especial para lembrar de nosso ser amado, de homenageá-lo, de dar presentes, chocolates, perfumes e muitas flores. Então que melhor idéia que fazer algo com nossas próprias mãos para o nosso amor... sei, sei, uma massagem seria ótima kkkk, mas antes dela, que tal ir para a cozinha e preparar uns deliciosos bolinhos com muita geléia de frutas vermelhas, e deixar bem docinho e romântico esse dia!

Ingredientes: (para 8 bolinhos medios)

Para os cupcakes:
1 ½ xícara de farinha de trigo
1 xícara de açúcar branca
½ colher de fermento em pó
¾ de xícara de água morna
½ xícara de óleo vegetal
1 ovo grande
1 ½ colher de baunilha ou outra essência ao gosto (para esta receita eu usei
Geléia de frutas vermelhas para o recheio

Para a cobertura (buttercream-creme de manteiga):

200 gr. de manteiga sem sal gelada
2 xícaras de açúcar de confeiteiro
2 colheres grandes de creme de leite
2 colheres de geléia de frutas vermelhas

Modo de fazer:

Para os cupcakes: Pré-aqueça o forno a uma temperatura de 180 graus. Prepare a sua forma de cupcakes com as forminhas de papel. Em uma tigela misture a farinha, o açúcar, e o fermento. Adicione a água morna, óleo, ovo e baunilha e bata com ajuda da batedeira ate que fique homogêneo. Divida a mistura em cada forminha em uma proporção de quase ¾ dela.

Leve ao forno por aproximadamente 20 a 25 minutos, ou ate que ao colocar um palito de dente no cantinho do bolinho, este sair limpo. Depois de frios, com a ajuda de uma faca, corte buraquinhos no centro de cada bolinho, reservando os pedacinhos. Coloque a quantidade de geléia que desejar no centro de cada cupcake e tampe de volta com os pedaços de bolo. Decore com o creme de manteiga e pedaços de frutas vermelhas.



Para o Buttercream (creme de manteiga):

Adicione a manteiga no copo da batedeira. Bata até a manteiga virar um creme fofo e mais claro, nesse ponto adicione o açúcar de confeiteiro aos poucos e continue batendo, incorpore o creme de leite e as duas colheres de geléia de frutas vermelhas (se desejar pode colocar umas gotas de corante). Usando um saquinho de confeitar decore cada um dos seus bolinhos.



Buen provecho y feliz Dia dos Namorados!!!

 
Cupcakes con relleno y cobertura de mermelada de frutos rojos:

El día de los enamorados es una fecha especial para recordar a nuestro ser amado, homenajearlo, darle regalos, chocolates, perfumes y muchas flores. Entonces, ustedes creen que exista mejor idea que hacerle algo a nuestro amor con nuestras propias manos... ya se, ya se, un masaje seria optimo jajaja, pero antes de este, que tal ir para la cocina y preparar unos deliciosos cupcakes con mucha mermelada de frutos rojos, y así dejar este día bien dulce y romántico!

Ingredientes: (para 8 cupcakes)

Para los cupcakes:
1 ½ taza de harina
1 taza de azúcar refinada
1 cuchara de te de polvo para hornear
¾ de taza de agua tibia
½ taza de aceite vegetal
1 huevo grande
1 ½ cuchara de sopa de vainilla
Mermelada de frutos rojos al gusto para rellenar

Para la cobertura (buttercream-crema de mantequilla):

200 gr. de mantequilla sin sal helada
2 tazas de azúcar glasé
2 cucharadas de sopa de crema de leche
2 cucharadas de sopa de mermelada de frutos rojos

Preparación:

Para los cupcakes: Precaliente el horno a una temperatura de 180 grados. Prepare su molde de cupcakes con las formitas de papel. En un bol mediano mezcle la harina, el azúcar y el polvo de hornear. Adicione el agua, el aceite, el huevo y la vainilla y bata con ayuda del batidor de varillas hasta que la mezcla este homogénea. Divida la mezcla en cada molde de papel en una proporción de casi ¾ de su contenido. Lleve al horno por aproximadamente 20 o 25 minutos, o hasta que al colocarle un palito de dientes al cupcake, este salga limpio.

Una vez que estén fríos, ayúdese con un cuchillo pequeño y corte huequitos en el centro de cada ponquecito, reservando los pedacitos cortados. Coloque la cantidad de mermelada que desee en estos huequitos y cúbralos de vuelta. Decórelos con la cobertura de buttercream de frutos rojos y pedazos de frutas frescas.

Para el Buttercream (crema de mantequilla):

Adicione la mantequilla y bata hasta que tenga la consistencia de crema, en ese punto adicione el azúcar glasé poco a poco siempre batiendo, adicione las cucharadas de crema de leche y las de mermelada de frutos rojos (si desea puede usar un colorante de su preferencia). Usando una manga pastelera, libere su imaginación y decórelos como prefiera.

Buen provecho y feliz Día de los Enamorados!!!